fbpx

O que devemos aprender com o Corona ?

humanidade
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Devemos aprender que somos um só povo, que estamos aqui para viver, ter experiências, darmos nosso melhor, vencer na nossa vida, de cada um.

Devemos nos lembrar de quando éramos pequenos, e queríamos ser médicos, astronautas, super-heróis, professores, mecânicos, lutadores, pilotos, etc.

Devemos lembrar dessa inocência e termos compaixão, amor, amizade.

Devemos pensar que como Pais e Mães desejamos isso e ensinamos isso a nossos filhos.

Mas acima de tudo, devemos pensar e lembrar de nossos Pais, Avós, e de todos os mais velhos que estão nos deixando por todo o mundo.

Que eles não estejam nos deixando em vão.

Que a dor deles não esteja sendo a toa.

Devemos ver que a própria natureza, que a espiritualidade, do jeito que eles podem, e que muitas vezes não podemos ver está nos dando oportunidades.

Cada vez mais o mundo passa por mudanças, e nós humanos não aprendemos. Não aprendemos com guerras, conflitos, EGOS, preconceitos.

Não aprendemos com nossa própria ignorância, com nossa burrice, com nossa prepotência. Não aprendemos que além de sermos um só povo, somos uma só família.

Não existem hoje Países, Nações, Estados, Povos, existem apenas cidadãos da HUMANIDADE.

Cada vez mais enfrentamos desafios que a própria Biblia chama de Armagedom, o fim de todos os tempos.

Não estou dizendo que esse é o fim.

Mas poderá, caso nós não mudemos, caso nós não tenhamos a nossa evolução como seres humanos, realmente nosso fim.

Por mais uma vez na história da humanidade, nossa espécie está tendo a oportunidade de passar por mais uma prova. E nossa “humanidade”, nosso sentimento de coletivo está posto à prova.

A nossa sede de conhecimento, a sede do ter mais, de ser mais, todos os nossos conhecimentos, tecnologias, e mesmo as guerras que travamos, hoje está sendo posto à prova.

Apesar de todo caos que é a nossa história mundial, apesar de todos os erros, da discórdia, desentendimentos, apesar de toda a dor, sofrimento e através dos tempos, devemos ter compaixão, devemos realmente ter coragem.

Coragem para admitirmos que precisamos realmente evoluir como um POVO. Uma única bandeira que é a humanidade.

Comentários do Facebook

Conteúdos relacionados