Modelos de implantação de computação em nuvem

Os dois principais modelos de implantação de computação em nuvem nos dias atuais, são implantações baseadas em nuvem “all-in” e implantações híbridas. É importante entender como cada estratégia se aplica às opções e decisões de arquitetura.

Um aplicativo all-in baseado em nuvem é totalmente implantado na nuvem, com todos os componentes do aplicativo executados na nuvem. As aplicações foram criadas na nuvem ou foram migradas de uma infra-estrutura existente para aproveitar os benefícios da computação em nuvem. Os aplicativos baseados em nuvem podem ser construídos em peças de infra-estrutura de baixo nível ou podem usar serviços de nível superior que fornecem abstração dos requisitos de gerenciamento, arquitetura e escala da infra-estrutura central.

Uma implantação híbrida é uma abordagem comum adotada por muitas empresas que se conectam na infra-estrutura e aplicativos de recursos baseados em nuvem e recursos existentes, normalmente em um data center atual (do próprio cliente).

O método mais comum de implantação híbrida é entre a nuvem e a infraestrutura existente no local para expandir a infraestrutura de uma organização ao conectar os recursos da nuvem aos sistemas internos. Escolher entre um investimento existente em infra-estrutura e mudar para a nuvem não precisa ser uma decisão binária. Alavancar conectividade dedicada, federação de identidade e ferramentas integradas permite que as organizações executem aplicativos híbridos em serviços locais e em nuvem