Hacks para proteger seus dados na nuvem

Sobre o autor: Guilherme Teles é um cara qualquer que não dorme direito e acaba escrevendo. Sou Certificado CISSP, CHFI, CEH, LPIC-3, AWS CDA, AWS SAA, AWS SOAQuer assinar a newsletter do site e receber esse e outros artigos? Clique aqui! Aproveite e navegue pelo smeu blog. Quem sabe você não está exatamente precisando de uma ajuda ? 

Para a era digital, a nuvem provou ser uma grande bênção. Ela permite armazenar grandes quantidades de informações – fotos, vídeos, músicas, mensagens, etc., com um orçamento limitado. Com o surgimento da Internet, o backup de dados tornou-se muito mais fácil armazenando-o no servidor do que em um disco rígido.

Além disso, os dados podem ser acessados ​​usando dispositivos habilitados para Internet. É fascinante saber que o nascimento da Internet tornou possível extrair uma enorme quantidade de dados sem comprar dispositivos extras de armazenamento, como cartões de memória ou discos rígidos.

Recentemente, com os avanços tecnológicos, vimos o Google Docs e o Gmail tomando o lugar do Microsoft Word e do Outlook Express. Mas, o levantado em questão é a segurança de dados na nuvem.

Alguma vez você já se perguntou a questão: seus dados estão seguros na Internet?

Já vimos muitos casos de invasão de dados no passado. Em 2011, a PlayStation Network da Sony carregou todos os canais de notícias pela tempestade para suas notícias de invasão de dados.

Uma enorme quantidade de informações do usuário foi comprometida. Além disso, em setembro de 2018, nos deparamos com notícias de quebra de segurança no Facebook, expondo mais de 50 milhões de contas de usuários. Essa foi a maior violação nos últimos 14 anos da história da empresa, afetando milhões de vidas ao comprometer suas informações pessoais.

Embora o hacking seja considerado altamente ilegal, existem diferentes grupos de hackers direcionados a empresas, segurança nacional e também informações privadas. As informações do usuário, como nomes de usuário, senhas, endereço residencial e informações de cartão de crédito, estimulam os hackers, facilitando o acesso a grandes quantidades de informações pessoais.

As senhas são uma maneira de proteger suas informações dos olhares indiscretos. Mas, sejamos honestos, preferimos senhas simples que são mais fáceis de memorizar.

Mas, essas senhas podem ser facilmente adivinhadas pelos hackers e suas informações pessoais podem estar em risco. Continuamos culpando os sistemas de segurança por falta de segurança e os hackers pelos ataques mal-intencionados. No entanto, é um fato que os usuários também são responsáveis ​​por esses ataques.

Veja algumas dicas para ajudar você a proteger seus dados na nuvem:

1. Não reutilize nem compartilhe senhas

É muito ruim usar senhas simples, pois os hackers podem adivinhá-las facilmente e violar sua conta. Uma vez que o hacker tenha acesso à sua conta de e-mail, eles podem facilmente invadir seus outros logins da web, uma vez que as senhas são enviadas para suas contas de e-mail. Seus sites de redes de informação como Facebook, Instagram, bancos, etc. serão comprometidos. O hacker também pode alterar as senhas que restringem seu acesso às contas. Portanto, é um conselho usar senhas difíceis de serem quebradas e difíceis de adivinhar. Você pode usar uma combinação de maiúsculas e minúsculas, números e símbolos para proteger seus dados.

A segunda sugestão é nunca usar as mesmas senhas para sites diferentes. Se você deseja reutilizar a senha em vários sites, altere as letras, letras maiúsculas e símbolos. Você precisa ter certeza de que não irá repetir a senha em sites diferentes que carregam seus dados bancários, como informações de cartão de crédito ou número da CNH. Acima de tudo, a senha da sua conta de e-mail é a mais importante, por isso, não a repita para qualquer site.

Por fim, nunca compartilhe suas senhas com ninguém, seja com amigos ou familiares. O número de pessoas que conhecem suas senhas é diretamente proporcional à possibilidade de suas senhas serem comprometidas. Seguir essas regras de senha tornará sua vida on-line mais segura.

2. Backup de Dados

É benéfico ter backup de seus dados para estar em um lado mais seguro. Os acidentes inesperados, como falha do sistema, roubo, oscilação de energia e disco rígido defeituoso, podem ocorrer quando são menos esperados. Anos atrás, o backup de dados era uma tarefa cara, mas o armazenamento em nuvem traz uma solução econômica e melhor. O armazenamento em nuvem está disponível em todos os tamanhos e formas.

A maneira mais inteligente de fazer backup de dados é armazenar todos os arquivos na nuvem, em vez de depender de um único dispositivo. É muito importante fazer backup de dados localmente em um dispositivo secundário ou em uma unidade de backup automatizada com senhas difíceis de decifrar.

Existem muitas organizações que oferecem serviços de armazenamento em nuvem para configurar algumas contas em nuvem para fins de armazenamento.

3. Gerenciador de Senhas

O gerenciador de senhas permite que você bloqueie todas as suas senhas exclusivas atrás de uma senha mestra. Em outras palavras, ele permite que você crie logins separados para contas diferentes, como Facebook, Twitter e armazenamento em nuvem, mas você pode acessá-los memorizando uma única senha. Last Pass, KeePass, etc. são os utilitários de gerenciamento de senhas on-line disponíveis no mercado.

Esses utilitários online também são capazes de criar senhas aleatórias que são impossíveis. Esses utilitários sincronizam as informações entre vários navegadores e dispositivos da Web, permitindo, assim, preencher os formulários com apenas um clique.

4. Criptografia de Dados

A criptografia de dados é uma prática excelente para criptografar dados antes de fazer o upload para a nuvem. Isso pode ser uma precaução melhor contra os ataques maliciosos de hackers. Usar a criptografia local como uma camada adicional de segurança ajudará a proteger suas informações dos provedores de serviços e administradores. Ao selecionar um provedor de serviços, certifique-se de escolher aquele que ofereça recursos de criptografia de dados.

5. Evite armazenar informações confidenciais

Existe um grande número de empresas que evitam armazenar informações confidenciais ou confidenciais em seus servidores. Isso ocorre porque salvar essas informações confidenciais pode ser um risco para as organizações. Os hackers estão sempre prontos para direcionar as informações confidenciais da empresa, cuja segurança é de extrema importância para as empresas. Comprometer essa informação pode causar problemas e perdas terríveis para a empresa.

Além disso, o upload de dados confidenciais na nuvem também é arriscado para os clientes. É sua responsabilidade manter suas informações pessoais fora deste mundo virtual para protegê-las contra hackers. Portanto, é uma solução apropriada para evitar armazenar essas informações na nuvem.

6. Esteja ciente do seu comportamento on-line

Seu comportamento online às vezes é responsável pela segurança de seus dados na nuvem. É um bom conselho para não salvar senhas ao usar estações de trabalho públicas. Além disso, certifique-se de ter efetuado logout assim que terminar de usar o computador público. Se essas regras não forem seguidas, seus dados podem ser comprometidos pelos estranhos que o acessam.

Os hackers visam você enviando e-mails de spam que não valem a pena ser abertos. Da mesma forma, ao fazer pagamentos on-line e compras, certifique-se de pesquisar tudo o que você precisa saber e não é um site fraudulento.

Além disso, conectar-se a pontos de acesso Wi-Fi abertos em locais públicos para acessar os dados na nuvem pode representar um alto risco. Essas conexões públicas não são criptografadas, o que significa que o hacker pode invadir seus dados na mesma rede. Eles podem ter acesso às suas informações confidenciais, como credenciais de login. A navegação inteligente pode ajudá-lo a proteger seus dados na nuvem.

Finalmente…

A computação em nuvem oferece vários benefícios importantes, mas a principal preocupação é a segurança de dados na nuvem.

A ascensão da Internet deu origem a hackers que são capazes de quebrar a segurança. Você pode impedir que os hackers entrem em seu sistema de segurança na nuvem seguindo as técnicas acima – criptografia de dados, evitar a reutilização de senhas e todas as outras mencionadas neste blog.

Certifique-se de implementar essas práticas para proteger sua privacidade contra hackers.

Sobre o autor: Guilherme Teles é um cara qualquer que não dorme direito e acaba escrevendo. Sou Certificado CISSP, CHFI, CEH, LPIC-3, AWS CDA, AWS SAA, AWS SOAQuer assinar a newsletter do site e receber esse e outros artigos? Clique aqui! Aproveite e navegue pelo smeu blog. Quem sabe você não está exatamente precisando de uma ajuda ?