Erros humanos aumentam o risco quando já existem vulnerabilidades

Erros humanos aumentam o risco quando já existem vulnerabilidades, portanto, é essencial que as organizações realizem uma análise constante e completa dos riscos para identificar quaisquer vulnerabilidades de segurança e qualquer sejam as questões levantadas devem ser gerenciadas e comunicadas de maneira eficaz.

Os hacks deliberados estão em ascensão devido ao alto valor dos dados atualmente para os ladrões e os cibercriminosos. Eles descobriram que startups e empresas que estão indo para a nuvem, principalmente também o setor de assistência médica estão mal protegidos.

Bancos e instituições financeiras instalaram sistemas de segurança robustos para proteger os dados financeiros dos clientes, mas muitas empresas iniciantes subestimam a ameaça representada por hackers e não tomam nem mesmo as precauções básicas.

Embora a ameaça de roubo de dados esteja sempre presente e mais casos sejam relatados a cada ano, em termos do número de violações de segurança relatadas a cada ano, o erro humano causa muito mais violações do que ataques cibernéticos. E porque isso acontece ?

Muitos erros são causados ​​por pessoas que não estão cientes das normas atuais de privacidade e segurança de dados, o que seu trabalho deve implicar e suas obrigações sob legislações introduzidas para manter os dados protegidos. É obrigatório o treinamento do pessoal sobre as obrigações de legislação e normas em empresas, mas, além do treinamento, os funcionários devem receber listas de verificação que podem ser facilmente seguidas para garantir a conformidade e reduzir o potencial de erros e omissões. Por isso falo sempre de cultura de comunicação aberta.

Um lider deve descobrir como construir uma cultura criativa sustentável, que leve de fato, a sério, coisas como: honestidade, excelência, comunicação, originalidade e auto-avaliação, por mais que isso incomode, não é uma tarefa única. É um trabalho de todos os dias, em tempo integral.

Qual a meta de um bom lider ? Descobrir como liberar os talentos das pessoas, mantê-las satisfeitas e não permitir que as inevitaveis complexidades que acompanham qualquer projeto os e nos prejudiquem no caminho.

As políticas de privacidade e segurança de dados são concebidas pelos administradores, responsáveis ​​pela conformidade e pela gerência e, embora cubram todos os requisitos da legislação, é essencial que essas políticas sejam avaliadas na prática e que o feedback seja obtido da equipe responsável pela proteção dos dados. Os procedimentos podem exigir um ajuste fino para garantir que os dados estejam protegidos e os processos de trabalho permaneçam eficientes. Um cuidado especial deve ser tomado quando a tecnologia é usada, uma avaliação completa do risco deve ser realizada para garantir que os dados não sejam expostos involuntariamente.

Várias medidas podem ser tomadas para reduzir a possibilidade de erro humano causando violações de dados. A adoção das “melhores práticas” pode reduzir significativamente o risco de informações protegidas serem expostas e causar violações de dados:

Incentivar a comunicação corporativa de preocupações de segurança

Crie um ambiente em que todas as equipes estejam à vontade para relatar quaisquer violações potenciais de segurança, erros ou divulgações acidentais de informações. Embora os funcionários devam entender a seriedade da segurança de dados, também é importante que eles entendam por que os problemas de segurança ou privacidade devem ser imediatamente relatados. Pode não ser possível desfazer o erro, mas é possível tomar medidas rápidas para mitigar qualquer dano causado.

Fornecer treinamento para eliminar erros comuns

Muitas violações  resultam do fato de os funcionários não estarem cientes de suas obrigações de segurança de dados ou de cometer erros sob pressão ou de aceitar atalhos. Transmitir a importância da segurança de dados para a equipe, fornecer treinamento específico em áreas problemáticas comuns e garantir que todos os funcionários estejam cientes das mais recentes políticas e procedimentos de segurança de dados, bem como as repercussões para não segui-los.

Corrija maus hábitos prontamente

Uma vez que os maus hábitos começam a se desenvolver, eles podem se espalhar facilmente por toda a equipe de trabalho. É vital que supervisores, gerentes de linha e diretores de conformidade identifiquem práticas ruins rapidamente e tomem medidas corretivas. Sem puni-las, ao menos inicialmente. Identifique quaisquer pessoas, grupos ou departamentos que sejam desleixados e cortem acessos indevidos e forneçam reciclagem seletiva ou outras ações corretivas.

Automatize a conformidade sempre que possível

A maneira mais fácil de eliminar a possibilidade de erro humano é automatizar o maior número possível de processos de conformidade. Se a equipe só precisar armazenar dados em dispositivos criptografados, um sistema de segurança deve ser implementado, impossibilitando que os dados sejam transferidos para um disco rígido desprotegido. Os usuários podem ser automaticamente desconectados de bancos de dados e sistemas de computador após ficarem inativos por um determinado tempo e outros procedimentos automatizados introduzidos para manter os dados seguros.